A primeira vez com um novo parceiro sexual pode ser ótima se houver alguns esclarecimentos. Falar sobre sexo é uma habilidade rara e geralmente não é aprendido na escola ou em casa.

O sexo é um assunto tão tabu que pode ser difícil de lidar com isso. Não se comunicar sobre sexo, no entanto, pode colocar tanto a sua saúde e sua diversão em risco. Aqui estão algumas coisas que você precisa para poder falar sobre ter sexo saudável, seguro e agradável.

A primeira vez com um novo parceiro sexual #1 – Sexo seguro

Antes de começar a ser sexual com um novo amante, certifique-se de falar sobre sua história sexual recente e quaisquer precauções que podem ser necessárias para manter o sexo entre você seguro. Isso permitirá que você tome boas decisões sobre como proceder sexualmente.

É importante que ambos os parceiros compreendam como as doenças sexuais são transmitidas e como a transmissão pode ser prevenida. Também é importante avaliar o grau de risco que qualquer um de vocês pode, sem saber, ter uma doença sexualmente transmissível (DST).

A primeira vez com um novo parceiro sexual #2 – Sugestões de perguntas

Aqui estão alguns dos tópicos abordados em uma boa discussão sobre sexo seguro:

  • Você tem alguma DST que você conhece?
  • Você recentemente foi testado para DSTs?
  • Que infecções foram testadas e quando?
  • Que atividade sexual você teve desde o último teste?
  • Foram trocados fluídos corporais nessa atividade?
  • Que atividades sexuais você quer excluir, por razões de segurança?

Tenha sempre em mente que garantir sua saúde sexual é de sua própria responsabilidade. Mesmo cobrindo esses tópicos não irá garantir que seu parceiro tenha sido completamente aberto ou preciso em suas respostas. Os riscos são particularmente altos com novos parceiros sexuais, com quem você pode não ter tido tempo para desenvolver a confiança.

Lembre-se: Doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) são doenças infecciosas transmitidas pela troca de fluídos corporais – sêmen, sangue, saliva – durante a atividade sexual vaginal, oral ou anal. É possível ter uma DST e não apresentar sintomas. Você ou seu amante podem não estar cientes de que você tem uma infecção.

A primeira vez com um novo parceiro sexual #3 – Condições prévias

Todo mundo tem condições prévias para o sexo. Elas incluem coisas como estar com a pessoa certa, estar em um relacionamento apropriado, entre outras coisas. Todo mundo tem seu próprio conjunto pessoal de pré-condições.

Algumas pessoas têm uma lista curta. Elas estão prontas para quase qualquer coisa, a qualquer hora, em qualquer lugar, com qualquer um. Outros podem ter uma lista mais longa. A lista de ninguém é errada. Conhecer suas condições prévias para o sexo e tê-las satisfeitas tornam o sexo e os orgasmos muito mais satisfatórios. Assim, deixar seu parceiro saber sobre suas condições prévias pode melhorar seu relacionamento sexual.

A primeira vez com um novo parceiro sexual #4 – Dizendo o que você quer

Para que você tenha seus desejos sexuais cumpridos, você precisará ser capaz de dizer o que quiser. Isso requer saber o que você quer e ter a confiança para pedir. Às vezes você pode não ter certeza do que você quer. Considere pedir a sua parceira para ajudá-lo a explorar o que faz você se sentir bem. Experimentem o que cada um de vocês gostam.

Talvez você saiba exatamente o que você quer, mas você tem medo de pedir isso. Se este for o caso, talvez você precise compartilhar primeiro seus sentimentos vulneráveis e solicitar que seu parceiro seja sensível aos seus sentimentos em torno de seus desejos.

Compartilhar desejos e anseios pode fazer você se sentir vulnerável, mas é a maneira de tê-los satisfeitos. Uma vez que é claro que você precisa de seu parceiro para ser sensível aos desejos que você está prestes a expressar, pode ser mais fácil falar sobre eles.

A primeira vez com um novo parceiro sexual #5 – Dar e receber feedback

Dar e receber feedback é uma arte, e pode levar uma grande dose de prática. É essencial aprender esta arte, a fim de tirar o máximo proveito de seus encontros sexuais. Em geral, é melhor quando o feedback é emitido de forma clara e sensível, mas não excessivamente.

Reclamar, culpar e envergonhar nunca vai bem. Funciona muito melhor pedir claramente o que você quer, ao invés de dizer ao seu parceiro o que ele está fazendo de errado. Ao dar feedback, certifique-se de que ele sai como um pedido, não uma demanda.

Seu amante não quer sentir como se ele estivesse sendo ordenado. Se você quiser que seu amante continue tentando agradá-lo, então seja gentil com seu feedback. Tente não ficar na defensiva.

A primeira vez

A primeira vez com um novo parceiro sexual #6 – Dinâmica de relações sexuais

Relacionamentos sexuais íntimos têm o potencial de ser os relacionamentos mais profundos e satisfatórios que você pode ter. Eles também podem ser os mais assustadores, mais desafiadores e mais frustrantes.

Alguns padrões ocorrem comumente e vale a pena identificar para que você possa lidar melhor com eles. Por isso, siga essas dicas ao conhecer um novo parceiro sexual e tenha as melhores experiências possíveis.

Você pode gostar de:
Como se masturbar – Crie um espaço sagrado
Masturbação – Faz mal para a saúde?

Back to list

Related Posts

Deixe um comentário