Todos nós devemos estar melhor informados sobre DST, testes e tratamentos. A maioria de nós assume alguns riscos quando se tem relações sexuais – pelo menos algumas vezes. Às vezes as pessoas começam a ter relações sexuais sem preservativo e depois colocam ele na metade do sexo. Isso não é uma boa ideia.

DST – 7 coisas que você deve saber sobre as doenças venéreas #1 – Existem mais de cem estirpes do vírus do papiloma humano (HPV)

Alguns destes são chamados de estirpes de “alto risco”. Uma vez que estão ligados ao cancro do colo do útero e vulva (nas mulheres), no pênis (nos homens), e no ânus, cabeça e pescoço (em homens e mulheres) . Outros são chamados de “baixo risco”. Esses são mais frequentemente ligados a não-cancerosas questões de saúde, como verrugas genitais, que podem ir e vir.

As verrugas genitais são, por vezes, mais susceptíveis de ressurgir quando o sistema imunológico de uma pessoa está fraco. Fumantes podem ser mais propensos a ter recidiva de verrugas. Traumas na pele, como barbear, pode provocar o retorno de verrugas também.

DST – 7 coisas que você deve saber sobre as doenças venéreas #2 – O vírus herpes simplex – comumente conhecido como “herpes” – pode afetar os genitais ou a boca de uma pessoa.

Quando o vírus da herpes simplex (HSV) aparece nos órgãos genitais, ele é chamado de “herpes genital” e quando ele aparece na boca, é chamado de “herpes oral”. O vírus pode ser transmitido durante o sexo oral, sexo vaginal e sexo anal. O uso de preservativos podem reduzir o risco de transmissão quando usado desde o início até o fim do sexo.

Algumas pessoas pensam que a herpes só pode ser passada durante um surto. No entanto, ela pode ser passada mesmo quando não há feridas presentes. Isso significa que mesmo que as genitais do seu parceiro pareçam estar com uma boa apararência, não quer dizer que ele esteja livre do vírus.

DST – 7 coisas que você deve saber sobre as doenças venéreas #3 – A sífilis é sorrateira

É sorrateira no sentido de que, por ser uma doença bacteriana, muitas pessoas pensam que são facilmente protegidas contra ela pelo uso do preservativo. E embora seja verdade que o uso do preservativo pode reduzir muito o risco de contrair ou passar a sífilis, há exceções. Nos casos em que alguém tem uma ferida ou lesão de sífilis, se o preservativo não cobre a ferida/lesão, a sífilis pode ser passada mesmo com bom uso de preservativo.

A sífilis pode ser transmitida durante o sexo oral, vaginal ou anal e pode causar morte se não for tratada (o que é raro em alguns países). No lado positivo, ela pode ser facilmente curada quando é indentificada em uma fase inicial.

DST – 7 coisas que você deve saber sobre as doenças venéreas #4 – Gonorréia está se tornando mais difícil de curar.

A gonorréia costumava ser muito fácil de curar. Hoje, na maioria dos casos, desenvolveram-se certas “raças” de gonorréia que são resistentes aos antibióticos normalmente usados para se livrar da infecção.

Se você testar positivo para gonorréia, siga as recomendações do seu médico sobre o tratamento e o acompanhamento, para se certificar de que a infecção vai embora. Como a maioria das DSTs, a gonorréia pode ser passada através de sexo oral, vaginal ou anal. O uso de preservativos pode reduzir muito o risco de transmissão.

DST – 7 coisas que você deve saber sobre as doenças venéreas #6 – HIV/AIDS não ocorre só em homossexuais

DST

Embora os homens homossexuais constituem uma proporção desproporcionalmente grande de infecções por HIV, eles não são os únicos infectados com HIV / AIDS. Os mitos que sugerem que o HIV / AIDS é uma “doença gay” prejudicam a todos. Eles ainda estigmatizam os homens gays. Esses mitos também colocam em risco outras pessoas que talvez não tomem as precauções que devem proteger a si mesmas e seus parceiros.

Converse com seu médico sobre o HIV. Faça o teste de HIV e certifique-se de que seus parceiros atuais e futuros também sejam testados. Saiba que o uso do preservativo pode reduzir enormemente o risco de transmissão do HIV. Então use um preservativo do início ao fim quando você tem relações sexuais. O HIV é mais facilmente transmitido através de sexo anal ou sexo vaginal, mas também pode, mais raramente, ser transmitido através do sexo oral.

DST – 7 coisas que você deve saber sobre as doenças venéreas #7 – Ter uma DST não tem que arruinar sua vida sexual

Precisamos começar a falar abertamente sobre como é importante sermos testados para DSTs. Precisamos pedir aos parceiros para fazerem os testes de DSTs, incluindo o HIV.

Algumas DSTs podem ser curadas. Mesmo aquelas que ainda não têm cura (como herpes, HPV e HIV) podem ser tratadas. Em suma, ter uma DST pode mudar alguns aspectos de sua vida.

Fará com que você precise conversar com parceiros sexuais sobre o seu status de DST. Você também vai precisar começar a usar preservativos toda vez que tiver relações sexuais. No entanto, você ainda pode ter uma vida sexual feliz, significativa e divertida.

Saber nunca é demais. Aprender sobre DSTs e HIV pode salvar sua vida, a vida de seu parceiro, ou a de seus filhos. Sempre procure ler sobre esses assuntos.

LEIA MAIS:
A primeira vez com um novo parceiro sexual – 6 Dicas
Dor durante o sexo – Veja quais as causas e soluções

Voltar para lista

Deixe um comentário